Com o plano hospitalar, você terá direitos a todos os procedimentos hospitalares e aqueles que necessitam da sua estrutura. O que isso quer dizer é que você não terá direito a consultas e exames, a não ser que o último sejam para pré-operatório ou pré-natal.

O plano hospitalar é mais barato?

Por ter uma cobertura mais restrita, o plano de saúde hospitalar é mais barato se comparado com a cobertura completa. Contudo, é preciso avaliar se é um convênio que realmente vale a pena, pois se você costuma gastar com consultas e exames essa não é a melhor opção.

Se este é o seu perfil, o plano ambulatorial hospitalar com obstetrícia oferece todos os serviços previstos no rol de procedimentos.

Leia mais: O que é um plano ambulatorial?

Qual o preço de um convênio hospitalar?

Poucas operadoras oferecem a opção de contratar apenas um plano de saúde hospitalar, porém você ainda tem boas opções como a Bradesco Saúde e SulAmérica. Ainda, a rede credenciada hospitalar do plano escolhido é mesma que a opção completa.

  • Bradesco hospitalar: valores entre R$ 238,95 e R$ 4.908,31
  • SulAmérica hospitalar: valores entre R$ 210,05 e R$ 6202,24

Plano hospitalar é para médicos?

Qualquer um pode contratar um plano hospitalar, mas de fato os médicos são os que mais contratam essa modalidade. Isso ocorre, porque os profissionais de saúde têm fácil acesso a consultas e exames, precisando apenas dos hospitais de sua rede credenciada.

O que um plano hospitalar cobre

Caso opte por contratar um plano de saúde apenas com cobertura hospitalar, estes são os serviços que estão à sua disposição, incluindo aqueles relacionados ao parto.

  • Cirurgias
  • Internação comum e em UTI
  • Consultas e exames no hospital
  • Quimio e Radioterapia
  • Transfusão de sangue
  • Fisioterapia
  • Hemoterapia ambulatorial
  • Hemodiálise e Diálise
  • Biópsias
  • Acompanhamento clínico ambulatorial pós-operatório para transplante renal, de córnea e medula óssea
  • Atendimento integral ao recém-nascido
  • Atendimento pediátrico à gestante
  • Avaliação da maturidade pulmonar fetal
  • Avaliação de riscos de anomalias cromossômicas e de formação do sistema nervoso
  • Ultrassonografia obstétrica
  • Teste rápido para a detecção de HIV em gestantes

Leia mais: O que é o rol de procedimentos da ANS

Plano hospitalar também cobre parto? 

Os planos hospitalares também cobrem todos os procedimentos relacionados ao parto, como UTI neonatal e atendimento especializado para os recém-nascidos. Vale lembrar que, durante os primeiros 30 dias, o seu bebê pode utilizar gratuitamente os serviços do seu plano.

Qual é a carência de um plano hospitalar?

A carência de um plano hospitalar é a mesma dos planos que oferecem também atendimento ambulatorial. Ou seja, você deve aguardar 24 horas para emergências, até 180 dias para consultas, exames e internações, 300 dias para parto e dois anos para condições preexistentes.

Saiba mais: O que é carência de plano de saúde

Quais as formas de contratação do plano hospitalar?

Um plano de saúde hospitalar possui as mesmas formas de contratação dos outros planos de saúde. Sendo assim, existem as opções de quarto dividido ou individual, além da possibilidade de contratar com ou sem coparticipação.

Vale lembrar que as operadoras com planos hospitalares oferecem apenas convênios na modalidade empresarial. Isso quer dizer que é necessário possuir um CNPJ ou recorrer à adesão para contratar.

O plano hospitalar, apesar de ser mais barato, atende a necessidades muito específicas. Verifique se esta realmente é a melhor opção para você pois, em alguns casos, é melhor gastar um pouco mais para ter uma cobertura mais completa.