Muitos ainda acreditam que para adquirir um plano de saúde empresarial é necessário possuir uma empresa com muitos funcionários. No entanto, para realizar este tipo de contratação é necessário apenas possuir um CNPJ e preencher o requisito mínimo de integrantes de cada operadora, que costuma ser de 2 ou 3 pessoas. Se você possui um MEI (Microempreendedor Individual), já possui um CNPJ.

Da mesma forma como é possível contratar pra você e seus funcionários, também é possível adquirir para os seus familiares. A contratação empresarial permite acesso a diversas categorias de planos e, inclusive, a benefícios como a redução de carências quando atingem determinado número de pessoas. No entanto, existe um critério diferente para cada operadora. Confira todas as informações, a seguir!

Como contratar um plano de saúde empresarial?

Para contratar um plano empresarial é necessário possuir um CNPJ, sendo que três tipos qualificam a contratação: pessoas com MEI, contrato social ou CEI (Cadastro de Pessoa Física).

O próximo passo é ter o número mínimo de pessoas exigido, algo que varia de acordo com a operadora, sendo que em algumas é de 2 pessoas, outras 3 e algumas chegam a exigir que ao menos 5 pessoas estejam vinculadas. É importante ressaltar que o dono do CNPJ deve ser um dos beneficiários.

A documentação para a contratação é muito simples e você pode contar com o auxílio de um corretor durante todo o processo. Para isso, você irá precisar dos seguintes documentos:

  • MEI ou contrato social;
  • Comprovante de endereço;
  • Caso os funcionários sejam os beneficiários do plano é necessário apresentar a relação do FGTS;
  • Documentos referentes aos beneficiários;
  • Identidade;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Em caso de crianças como dependentes é necessário apresentar a certidão de nascimento.

A implantação do contrato para um plano médico empresarial costuma ser bem rápida, levando em média dez dias. Se a documentação estiver correta, algumas operadoras conseguem realizar este processo em apenas três dias. Já em caso de problemas ou entraves burocráticos, pode levar até 15 dias.

Quais as vantagens e desvantagens do plano empresarial?

A maior vantagem de possuir um plano de saúde empresarial é o preço. Eles costumam ser de 30% a 40% menores, se comparados aos planos individuais. Além disso, as maiores empresas do mercado disponibilizam apenas o convênio médico empresarial, oferecendo melhor maior cobertura e a rede credenciada de melhor qualidade.

Com muitas vantagens, o ponto negativo da contratação de um plano coletivo é que a operadora olha para todos os integrantes do convênio como um todo. Se no seu grupo possuir muitas pessoas de idade avançada ou com doenças pré-existentes, existe a possibilidade de que a contratação seja mais demorada ou negada pela seguradora.

Carências para planos empresariais

A carência funciona de formas diferentes dependendo do número de beneficiários que estão inclusos no plano. Convênios empresariais acima de 29 vidas estão isentos deste período, exceto para os procedimentos de parto e condições preexistentes, que cumprem o prazo de carência padrão de 10 meses e 24 meses, respectivamente. Planos abaixo de 29 vidas cumprem o tempo padrão estabelecido pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

Planos para grandes empresas

O processo de aquisição de um plano de saúde empresarial acima de 99 vidas possui algumas peculiaridades. Esse tipo de convênio não possui uma tabela fixa, logo o estudo do orçamento é realizado após um levantamento da idade e sexo dos funcionários da empresa.

O valor desses planos não varia de acordo com a faixa etária dos funcionários, visto que o preço é o mesmo para todos e é calculado pela idade média dos colaboradores da empresa.

Reajuste anual

Todos os convênios médicos possuem reajustes uma vez por ano, na data de aniversário do contrato. Os planos coletivos são reajustados pela operadora obedecendo o teto estabelecido pela ANS, além dos reajustes por mudança de faixa etária, enquanto planos para grandes empresas sofrem ajustes de acordo com a sinistralidade.

A sinistralidade nada mais é do que a utilização do plano acima do previsto pela operadora. Então, caso os funcionários estejam realizando muitos procedimentos de alta complexidade ou cirurgias, a tendência é que a empresa sofra mais com o reajuste do que outras que utilizam o mesmo plano.

Quais os tipos de plano de saúde?

Pronto para encontrar o seu plano ideal?

Agora que você já sabe tudo sobre planos empresariais, te ajudamos a encontrar a opção certa para você

Encontre meu plano ideal