Plano de saúde
Atualizado: 
Publicado: 
Leitura 
de 3 min

Thais Piola

Redação jornalística

Seguro saúde ou plano de saúde: qual escolher?

Contratar um seguro saúde ou um plano de saúde? Esta é uma dúvida recorrente para quem procura a assistência médica privada. Entender a diferença entre eles não é difícil, mas a escassez de informação e a utilização de termos complicados dificultam o entendimento.

Apesar do que algumas pessoas pensam, ambas as opções de convênios contam com diferenças entre si. Para solucionar esse problema, descomplicamos essas informações. Aqui você conseguirá entender qual é o papel de cada um, porque contratá-los e qual a diferença entre eles. Confira!

O que é seguro saúde?

O seguro saúde é uma forma de assistência que deixa a escolha do atendimento, tanto da rede credenciada quanto de especialistas, a cargo do beneficiário. Por esse motivo, trabalha com reembolsos por consulta, cirurgias, exames, internações e outros procedimentos. A cobertura e a abrangência variam de acordo com o “plano” escolhido.

Em alguns casos, a seguradora de saúde oferece uma rede referenciada, hospitais e laboratórios que não são próprios, mas vinculados à seguradora, recomendando tanto profissionais quanto a rede. Nesse caso, se você utilizar os hospitais e clínica disponibilizados, o pagamento será feito diretamente pela seguradora, sem necessidade de requerimento de reembolso.

Como funciona o seguro saúde?

O seguro saúde funciona como uma cooperativa. Todos os segurados pagam uma mensalidade estipulada pela cobertura escolhida e o histórico do beneficiário. Essa despesa mensal garante que casos mais graves sejam cobertos pelo seguro, alguns exemplos de seguradores de saúde são a SulAmérica SaúdeBradesco Seguros Saúde e a Porto Seguro Saúde.

O que é plano de saúde?

O plano de saúde é uma forma de assistência privada que possui rede credenciada própria para atendimentos médicos, hospitalares e laboratoriais. Além dos hospitais próprios, também contam com centros privados inclusos em sua rede, principalmente em planos mais altos. Cada operadora de saúde oferece abrangências e coberturas diferentes e, normalmente, as maiores empresas oferecem melhores serviços.

O reembolso pode ser oferecido pela operadora, mas não é obrigatório. Por esse motivo, os contratantes podem ter o benefício conforme o plano escolhido por ele e as especificações de contato. Exemplos de operadoras que oferecem os planos de saúde são a Amil, o Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) e a Omint.

Qual a diferença entre plano e seguro saúde?

A principal diferença entre os dois é a possibilidade de escolha da rede credenciada e obrigatoriedade do reembolso. O seguro saúde te permite mais liberdade de atendimento, já que você escolhe onde e por quem você quer ser atendido pela disponibilidade de reembolso, além de ter uma rede referenciada à disposição, sem custo adicional. 

Já nos planos de saúde, o número de hospitais e laboratórios oferecidos é normalmente maior, sendo eles próprios ou não, e oferecem nenhuma ou pouca possibilidade de escolha de serviços e profissionais fora da rede. Por esse motivo, vale investigar qual deles oferece reembolso e quais são os hospitais fornecidos.

O reembolso também é uma forma importante de diferenciá-los, em planos de saúde o reembolso não é obrigatório, ele pode ser um benefício oferecido pela operadora por livre e espontânea vontade. Já nos seguros de saúde, de acordo com as regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), é obrigatório a cobertura de procedimentos, profissionais e serviços que não estejam na rede.

Qual devo contratar?

Para entender qual contratar, plano ou seguro de saúde, você deverá colocar algumas coisas na balança, levando em conta sempre a característica de cada um. Se você quer ter mais autonomia de escolha ou já tem hospitais ou profissionais específicos em mente, é bem provável que você se identifique mais com o seguro saúde. 

Caso você não queira depender de reembolsos e não se importe em se limitar aos hospitais e laboratórios da rede credenciada oferecida pela operadora, o plano de saúde pode ser uma boa escolha para você. Quanto aos valores, pode ficar tranquilo que não há variações de preço expressivas entre as duas opções de convênios médicos.

Mesmo com essas dicas, avalie bem os planos e seguros de saúde que você gostou e escolha o que melhor atenda às suas necessidades. Mas lembre-se, são várias as categorias, coberturas e abrangências que devem ser levadas em conta na hora da contratação e comparação.

Sobre a autora

Thais Piola

Thais Piola

Redação jornalística

Sou bacharela em Biologia mas decidi mudar meus rumos profissionais e mergulhar em novos desafios. Por destino, acabei me encontrando na área de comunicação. Para mim, o que mais me conquista, é conseguir dar acesso à informações e conhecimentos de forma simples, com qualidade e contribuir para o pensamento crítico dos leitores.