Guia completo sobre Plano Hospitalar

Na hora de fazer a adesão de um plano de saúde, ter algumas informações podem ajudar você a ganhar tempo e escolher a modalidade mais adequada para as suas necessidades. 

Nós da Zelas Saúde estamos aqui como um facilitador para trazer algumas informações relevantes na hora de você contratar um convênio médico que seja adequado para o que você precisa.

Uma das dúvidas frequentes na hora de fazer a contratação de um convênio é saber o que está coberto em um plano hospitalar, por exemplo. 

Explicaremos com mais detalhes sobre essa modalidade para que você não tenha dúvidas e saiba se esse tipo de plano é adequado para você.

O que é Plano Hospitalar?

O plano hospitalar é a modalidade de plano de saúde que cobre ou garante a você todos os procedimentos hospitalares, como atendimentos de urgência, emergência, internações e exames ambulatoriais realizados no período da internação. 

Dentro desta modalidade, existem dois segmentos que se diferem na ampliação de benefícios, como: plano hospitalar com obstetrícia ou plano hospitalar sem obstetrícia. Portanto, pode cobrir ou não obstetrícia.

Para que o beneficiário tenha direito a cobertura obstétrica, o que inclui a assistência ao parto e ao recém-nascido, até o trigésimo dia após o parto, deverá escolher o plano que cobre essa especialidade.

Embora o plano hospitalar seja uma modalidade mais restrita dentre os planos de saúde, ele tem as suas vantagens, pois vale ressaltar que os procedimentos hospitalares costumam causar despesas inesperadas e ele pode ser a garantia de mais acesso à saúde por mensalidades mais baixas.

O plano hospitalar é mais barato?

A resposta para essa questão é sim, mas lembre-se de que os valores da mensalidade variam de acordo com cada operadora de saúde. O plano hospitalar por ser mais restrito se comparado a outros planos de saúde tradicionais pode ser mais econômico.

Vale ressaltar que a única segmentação dessa modalidade que deixa de ser mais acessível é o plano de saúde hospitalar com obstetrícia. Por incluir uma especialidade e ter mais cobertura, o preço para esse tipo de plano pode ser diferenciado.

Se você não costuma realizar consultas médicas e exames com frequência, essa opção pode ser uma excelente alternativa para você ter assistência hospitalar.

Com o plano hospitalar eu tenho acesso garantido a qualquer hospital do país?

A resposta para essa questão é não. O beneficiário tem direito a assistência hospitalar apenas na rede credenciada pela operadora de saúde contratada. 

Vale ressaltar também que os planos de saúde se diferem conforme a cobertura, podendo ser: cobertura nacional ou cobertura regional. Caso o seu plano tenha cobertura nacional, você terá acesso a qualquer hospital do Brasil que seja credenciado pela operadora. 

Por outro lado, se o seu plano for de cobertura regional, você terá acesso apenas aos hospitais credenciados da região coberta pelo plano de saúde que contratou.

Quais procedimentos o plano hospitalar cobre?

Mesmo por ser uma segmentação mais restrita de plano de saúde, o plano hospitalar ainda cobre uma grande variedade de atividades ou procedimentos, conforme regulamenta a LEI Nº 9.656, veja mais a seguir:

  • Internação comum e internação em UTI em hospitais credenciados;
  • Consultas médicas e exames complementares que são realizados nos próprios hospitais;
  • Utilização de materiais hospitalares;
  • Realização dos tratamentos de quimioterapia;
  • Realização dos tratamentos de radioterapia;
  • Transfusão de sangue;
  • Medicamentos para anestesia;
  • Utilização das salas de cirurgia;
  • Acompanhamento pós-operatório completo para o caso de procedimentos cirúrgicos;
  • Procedimentos de embolização e de radiologia intervencionista;
  • Fisioterapia;
  • Outros procedimentos específicos: radioterapia, hemodiálise, diálise e hemoterapia ambulatorial (aplicação intramuscular do próprio sangue de um indivíduo/paciente, retirado de um local e aplicado em outro).

Como é possível perceber, o plano hospitalar possui uma cobertura muito mais abrangente do que parece esse tipo de plano pode ser uma alternativa se você busca mais acesso à saúde e mais economia.

Quais os tipos de acomodações eu tenho direito no plano hospitalar?

Os planos de saúde em geral se dividem em dois tipos de acomodações: enfermaria ou apartamento.

Na acomodação do tipo enfermaria, o paciente compartilha o quarto com outras pessoas, enquanto o tipo apartamento, o paciente tem direito a quarto privativo.

Obviamente que para cada tipo de acomodação o preço também é diferenciado, sendo a enfermaria mais acessível e o apartamento um tipo de acomodação mais cara.

Quem pode contratar o plano hospitalar?

Qualquer pessoa que tenha mais de 18 anos pode contratar o plano hospitalar. Mas vale lembrar que a maioria das operadoras de saúde só vendem seus convênios para empresas.

Desse modo, poucas operadoras permitem que uma pessoa física possa fazer a adesão de um plano de saúde.

Caso você possua o certificado de Microempreendedor Individual (MEI), poderá negociar um plano de saúde empresarial. Mas não se preocupe que estamos aqui para facilitar as coisas, você pode fazer a cotação gratuita de um plano de saúde através do nosso site. Para isso, basta clicar neste link e falar com um de nossos especialistas.

Vale a pena ter um plano de saúde hospitalar?

Se você não tem a necessidade de realizar consultas médicas e exames clínicos com frequência, a resposta é sim. Esse tipo de plano vai atender muito bem as suas expectativa, pois ele dará a você a garantia de ter assistência hospitalar quando necessitar de internação.

Esse plano é indicado para quem tem um médico particular, ou seja, que não atende por nenhum convênio e não se importa em pagar os exames. Isso é muito comum, pois muitos médicos especialistas não atendem por nenhum tipo de convênio médico, o que obriga um beneficiário a pagar o valor da consulta médica em determinados casos.

Vale lembrar também que uma pessoa pode utilizar o Sistema Único de Saúde para consultas e exames clínicos, mas o prazo de espera para determinadas consultas e exames é maior.

Portanto, ele é um plano mais econômico e garante ao beneficiário assistência hospitalar a diversos procedimentos em caso de internação, sendo urgência e emergência e também a realização de exames clínicos durante o período de internação.

Para quem não tem condições de arcar com as despesas hospitalares, ele acaba sendo uma opção muito viável e segura para quem quiser mais acesso à saúde.

Qual a desvantagem de um plano hospitalar?

A desvantagem desse tipo de plano é justamente não cobrir consultas médicas ou exames. Por ser uma modalidade mais restrita, ele pode resolver apenas uma parte dos problemas de acesso à saúde, restringindo apenas a assistência hospitalar.

Se você necessita de mais acesso a consultas médicas e exames, esse tipo de plano não é o recomendado para você. Para isso, você deve procurar por um plano de saúde da segmentação referência ou pode visitar o site da Agência Nacional de Saúde e se informar sobre cada modalidade de plano existente.

Como contratar o plano hospitalar?

Para contratar o plano hospitalar é muito simples. Basta acessar o site da Zelas Saúde e falar com um de nossos especialistas que irão lhe ajudar a encontrar o plano ideal para as suas necessidades. Para isso, basta clicar neste link e preencher o formulário conforme o indicado.

Encontramos o seu plano ideal!

Preencha o formulário que nossos especialistas em planos de saúde entrarão em contato

Encontre o seu plano ideal