Guia completo sobre carência do plano de saúde

Na hora de contratar um plano de saúde, é importante observar algumas questões contratuais antes de começar a usá-lo. Alguns planos exigem prazo de carência, por exemplo.

Caso desconheça esse termo, esse texto é ideal para você. Veja a seguir o que significa o prazo de carência de um plano de saúde e quando você pode começar a utilizar o seu convênio.

Nós, da Zelas Saúde, estamos aqui como um facilitador para você conhecer ainda mais o plano de saúde contratado e ter mais acesso à informação.

O que é prazo de carência?

A carência de um plano de saúde é o tempo que o beneficiário deverá esperar para poder utilizar os benefícios do convênio.

Cada tipo de plano ou operadora de saúde determinam prazos específicos de carência, podendo ser muitas vezes um diferencial na contratação.

Para saber quando você pode utilizar os serviços do seu plano, é fundamental prestar atenção nas questões contratuais para não se surpreender na hora em que for realizar determinado procedimento médico.

Qual o tempo de carência a ser aguardado após a contratação do plano?

A Agência Nacional de Saúde (ANS) determina e regulamenta o prazo de carência para determinadas situações. Veja a seguir com mais detalhes:

  • 24 horas: Para casos de urgência, acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional, e emergência, risco imediato à vida ou lesões irreparáveis;
  • 300 dias: Para partos a termo, excluídos os partos prematuros;
  • 24 meses: Para doenças e lesões preexistentes (quando contratou o plano de saúde, a pessoa já sabia possuir);
  • 180 dias: Para as demais situações.

Vale ressaltar que esses são os prazos limites, não podendo ser excedido pela operadora. Para atrair mais beneficiários, a operadora pode determinar prazos menores ou até mesmo não exigir nenhum tipo de carência como diferencial de venda.

Se eu for beneficiário de um plano de uma operadora e quiser migrar para outra, como funciona a carência?

Para fazer a portabilidade de plano de saúde não há necessidade de cumprir carência, caso o beneficiário tenha cumprido esse prazo no plano de origem.

A única exceção para esse caso é se o beneficiário contratar um plano de saúde com mais cobertura e serviços extras que não faziam parte do plano anterior.

Existe plano de saúde com carência zero para parto?

É muito comum que, ao engravidar, por temer depender do serviço público de saúde, as mulheres procurem pela contratação de um plano de saúde para gestantes. O grande problema é que a carência estabelecida pela ANS para a cobertura de parto é de 300 dias, que excede os 9 meses de duração da gravidez, a não ser que seja uma situação de emergência.

Mesmo no caso de contratações coletivas, a carência para parto é uma das que dificilmente será reduzida. Ainda assim, mesmo que você não possa utilizar os serviços na hora da chegada do seu bebê, contratar um plano de saúde pode ser uma boa ideia, visto que você poderá realizar todos os exames e estará segura em casos de emergência.

Outra vantagem é que, durante os primeiros 30 dias de vida, seu bebê poderá usufruir de todos os benefícios do seu plano sem nenhum custo adicional. Após este período, a criança deve ser incluída como dependente do seu plano para seguir com a utilização.

Como evitar a carência do plano de saúde?

A carência é um prazo legal e regulamentado pela ANS, porém, ela não é obrigatória. Para você não ter que cumprir a carência do convênio, procure por planos que ofereçam  ausência desse prazo ou um tempo menor de carência.

Alguns planos coletivos oferecem carência zero para contratações acima de 30 vidas e outras operadoras utilizam esse recurso como estratégia de venda para planos individuais. Portanto, essa questão pode variar, conforme os diferenciais de venda dos planos de saúde.

Um plano de saúde com carência vale a pena?

Ter um plano de saúde é a garantia de promover o bem-estar e qualidade de vida. Se você pode esperar um tempo até poder utilizar os serviços do convênio, isso não será nenhum tipo de problema.

É importante lembrar que para casos de urgência, risco à vida, acidentes e emergência, conforme citado anteriormente, você poderá utilizar os serviços do plano e anular a carência, porque se trata de uma questão legal.

Portanto, mesmo com a carência, contratar um plano de saúde é uma garantia fundamental para evitar despesas futuras na hora de buscar assistência médica.

Como contratar um plano de saúde ideal?

Se você ainda não contratou o seu plano de saúde, você pode contar com os nossos especialistas para isso. Faça uma cotação gratuita no nosso site e descubra qual é o plano de saúde ideal para você.

Para isso, basta clicar neste link, preencher alguns dados, que um de nossos especialistas entrará em contato e você contará com um atendimento diferenciado e personalizado.

Encontramos o seu plano ideal!

Preencha o formulário que nossos especialistas em planos de saúde entrarão em contato

Encontre seu plano ideal!