Saúde & bem-estar
Atualizado: 
Publicado: 
Leitura 
de 3 min

Quais são as causas da incontinência urinária adulta?

Casal de idosos correndo no parque

O corpo sempre trabalha a nosso favor e dá sinais de que algo não vai bem, pode ser uma dor que não passa, uma alergia ou até mesmo o mau funcionamento do trato urinário. Portanto, é necessário prestar atenção aos detalhes, caso você esteja sentindo uma vontade anormal de urinar ou dificuldades de segurar a urina, fique atento, pois pode ser incontinência urinária.

A incontinência urinária causa grande incômodo, afinal, nada mais desagradável do que perder o controle da própria urina. Além de desconfortável, é também preocupante uma vez que a condição atinge mais de 10 milhões de pessoas no país.

Muitos acreditam que a incontinência urinária acontece pelo envelhecimento e acabam não procurando ajuda por considerar o quadro normal. Mas não é bem assim. Com ajuda médica especializada, a condição pode ser controlada e tratada.

O que é incontinência urinária?

A incontinência urinária é a perda involuntária de urina pela uretra, podendo ser causada por um desgaste ou perda do tônus muscular da região pélvica ou hiperatividade da bexiga.

Quais são os tipos de incontinência urinária adulta?

Os tipos mais comuns de incontinência urinária são:

Incontinência urinária de esforço (IUE)

A incontinência urinária de esforço acontece quando, como o próprio nome indica, há esforço ao tossir, espirrar ou carregar peso, causando a perda urinária.

Incontinência urinária de urgência (IUU)

A incontinência urinária de urgência acontece devido à hiperatividade vesical, ou seja, a perda urinária está associada a urgência miccional que é a vontade intempestiva de urinar que não pode ser postergada.

Em alguns casos pode haver a incontinência mista que é a soma desses dois tipos. 

Causas da incontinência urinária na vida adulta

Na mulher, as causas de incontinência urinária de esforço está associada ao enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico podendo ser causado pelas alterações anatômicas da pelve feminina.

As causas da incontinência urinária de urgência está ligada à doença benigna da bexiga chamada Bexiga hiperativa, doença que faz com que a bexiga não consiga relaxar durante o enchimento vesical, fazendo com que ocorra uma menor capacidade vesical e a urgência miccional com as perdas urinárias.

No homem, a principal causa de incontinência urinária ocorre após cirurgia de câncer de próstata, levando o homem a ter uma incontinência urinária de esforço. Ainda, alguns fatores podem levar à condição ou agrava-la, sendo elas:

Para incontinência urinária de esforço:

  • Idade;
  • Obesidade;
  • Grande número de gestações; 
  • Alterações anatômicas genitais; 
  • Menopausa.

Para incontinência urinária de urgência:

  • Idade;
  • Tabagismo, 
  • Consumo de café, refrigerante e chá preto.

Qual especialista procurar?

A melhor forma de obter um diagnóstico é através da consulta. Para isso, o ginecologista e o urologista são os profissionais mais indicados para diagnosticar o problema. Por vezes, pode ser necessário o exame de Estudo Urodinâmico, em que é avaliado o funcionamento da bexiga e da micção.

Tratamento para incontinência urinária

O tratamento é feito através de medidas comportamentais associado a fisioterapia, seja com fortalecimento de assoalho pélvico com exercícios ou com eletroestimulação.

Nos casos de incontinência urinária de esforço, pode ser recomendada a cirurgia de SLING. Esta é feita através da inserção de uma “rede” abaixo da uretra para aumentar a sustentação e, assim, melhorar a continência urinária. Enquanto que nos casos de incontinência urinária de urgência, existem algumas medicações que podem auxiliar no tratamento.

Quando a intervenção cirúrgica é indicada?

Nos casos de incontinência urinária de esforço, se após as medidas iniciais de mudança comportamental, fisioterapia e medicação não houver melhora dos sintomas, a cirurgia de SLING pode ser indicada. Em casos de alterações anatômicas genitais, como a conhecida “bexiga caída”, a cirurgia pode auxiliar na melhora dos sintomas de incontinência, seja ela de urgência ou esforço.

No caso de incontinência urinária de urgência, a cirurgia é tida como última opção e em casos de grande perda de qualidade de vida associada à doença.

A incontinência urinária tem cura?

Sim, em alguns casos é possível o paciente voltar a ter um bom funcionamento da uretra, sem necessidade de uso de proteção e melhora importante da qualidade de vida. Em outros casos, uma melhora e controle pode ser buscado.

Prevenção da incontinência urinária

Para prevenir a incontinência urinária é bom manter hábitos de vida saudáveis com atividade física regular e alimentação balanceada que levam a um bom preparo da musculatura pélvica e diminuição da obesidade.

Verificar a urina é algo completamente saudável, afinal, urinar é a forma do nosso corpo de carregar resíduos para o exterior. O sinal de alerta deve surgir quando uma vontade incontrolável ou escapes de urina acontecem com frequência. 

A incontinência urinária pode ser uma condição difícil de lidar, por isso, em caso de percepção dos sintomas ou desconforto, sempre procure um especialista, ginecologista ou urologista, para auxiliar com dúvidas e encaminhar o tratamento mais indicado.

Dr. Matheus Ferreira Gröner

Dr. Matheus Ferreira Gröner

Matheus Ferreira Gröner é especialista em urologia e, no momento, dedica-se a estudos na área de reprodução humana e infertilidade masculina. Além disso, atua como médico assistente no Setor de Reprodução Humana da UNIFESP / EPM na área de ensino, pesquisa e assistência.