Plano de saúde

Atualizado em
Leitura 7 min

O que é compra de carência em plano de saúde?

Moça na rua , com um sorriso tímido.

Por Catharina Braga

Redatora

Revisado por Helder Galvão, especialista em Planos de Saúde

A carência é regulamentada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Trata-se de um período de espera que você precisa cumprir, mesmo pagando as mensalidades do plano de saúde, para realizar alguns procedimentos. De maneira geral, quanto mais complexo é o procedimento, maior é o período de carência.

Saiba mais: O que é carência de plano de saúde

No momento de trocar seu plano de saúde, existe uma possibilidade para que você não precise cumprir outra vez os mesmos períodos de espera para utilização. É a chamada compra de carência, conhecida também como redução de carência.

Fizemos este post para tirar todas as suas dúvidas sobre compra de carência. Confira:

Como funciona a redução de carência?

Para não ter a necessidade de cumprir novos períodos de carência no novo plano, você pode solicitar a redução de carência. No entanto, existem algumas regras para o uso desse recurso. A principal está relacionada ao tempo de permanência no plano anterior. Veja:

Clientes sem plano anterior

Algumas operadoras oferecem redução de carência para clientes sem plano anterior. Ao contratar um plano, você pode perguntar sobre carência promocional.

Nesse sentido, é importante destacar que as operadoras não são obrigadas a disponibilizar essa opção. De qualquer maneira, seu corretor vai te informar melhor sobre isso durante a escolha.

Leia também: Vale a pena ter um plano de saúde?

Clientes com plano anterior

Neste caso, existem algumas variantes. Por via de regra, quanto mais tempo de permanência, maior poderá ser a redução para o próximo plano. 

Assim, por exemplo, para pessoas que ficaram por um período menor do que 3 meses no plano anterior, geralmente se aplica a carência promocional.

Além disso, entre as operadoras, os critérios mudam. Veja:

Amil Saúde

Se, na troca de plano, você escolheu um plano de saúde Amil, além da carência promocional, existem 3 tipos de redução:

  • Tipo 1: empresa de 02 a 10 vidas e beneficiário com tempo de permanência no plano anterior de 03 a 11 meses;
  • Tipo 2: empresa de 11 a 29 vidas e beneficiário com tempo de permanência no plano anterior superior a 12 meses;
  • Tipo 3: empresa de 02 a 29 vidas e beneficiário oriundo de operadoras congêneres e tempo de permanência no plano anterior superior a 12 meses.

Nesse caso, clientes que se enquadram no terceiro tópico têm maior redução de carência. Trouxemos alguns exemplos:

GNDI Notredame Intermédica

A GNDI oferece dois tipos de carência promocional para clientes sem plano anterior - um para empresas de 02 a 10 vidas e outro para empresas de 11 a 29 vidas. 

Além disso, existem outras duas reduções:

  • Tipo 1: esse caso depende da categoria escolhida. Por exemplo, caso você queira a modalidade GNDI Premium 900, é necessário ter permanência de 06 a 12 meses no plano anterior e ser oriundo de uma operadora congênere;
  • Tipo 2: essa opção é válida para clientes que permaneceram mais de 12 meses no plano anterior. Ainda, é necessário ser oriundo de uma operadora congênere.

Assim, clientes que têm direito à redução 2 esperam menos para utilizar os procedimentos:

Saiba mais: Existe plano de saúde carência zero para parto?

O que é uma operadora congênere?

Esse termo pode aparecer no momento da compra da carência. Na verdade, os planos de saúde preferem operadoras compatíveis ao reduzir a carência. Como você percebeu, de maneira geral, ao ser oriundo de uma operadora congênere, a redução para o próximo plano é maior.

Por exemplo, o plano de saúde SulAmérica é considerado congênere pela Amil. Isso porque são planos de saúde parecidos e algumas categorias possuem a rede credenciada semelhante. 

Por outro lado, a Ameplan não é considerada pela Amil como congênere. Perceba que a Ameplan tem uma rede de abrangência mais regional, com foco em São Paulo e na Região Metropolitana. Já a maioria das categorias da Amil é de abrangência nacional.

Como solicitar a compra de carência?

Além de todas essas considerações em relação ao período reduzido, existem outras regras no momento da contratação.

Ao escolher reduzir a carência, é necessário se atentar ao prazo - geralmente, o plano pode ter sido cancelado há, no máximo, 60 dias da emissão da nova proposta. Assim, ao cancelar seu plano de saúde anterior, se quiser aproveitar as carências, é preciso contratar um novo em menos de 60 dias.

A documentação necessária pode mudar de acordo com a operadora, mas, de maneira geral, você deve ter em mãos:

  • Carta de permanência da operadora anterior;
  • Cópia dos três últimos boletos pagos, com comprovante;
  • Carteirinha (se tiver), com nome do titular e dos dependentes, tipo de acomodação (enfermaria ou apartamento) e data de vigência do plano.

Caso a carteirinha não tenha essas informações, podem ser solicitados outros documentos, como: cópia do contrato anterior ou comprovante de quitação superior a 12 meses.

A carta de permanência pode ser solicitada ao plano anterior por e-mail, telefone e, em alguns casos, pelo aplicativo. Uma dica é já verificar se na carta constam informações importantes, como data, nome do titular e dependentes e tipo de acomodação.

Se você está pensando em mudar de convênio médico, faça uma cotação sem compromisso, aqui na Zelas Saúde! Nosso time é especializado em troca de plano de saúde e redução de custos.

Quem escreve

Moça na rua , com um sorriso tímido.

Catharina Braga

Redatora

A língua portuguesa sempre foi a minha paixão e, por isso, escolhi a graduação em Letras. Hoje trabalho com textos direcionados para a área da saúde, com o objetivo de facilitar o entendimento de alguns detalhes importantes durante o processo de escolha, compra e utilização de convênios médicos. Aqui na Zelas Saúde queremos promover mais autonomia para os consumidores.